Arquivo da tag: são bernardo do campo

Manifesto: Somos Todos Educadores!

Do blogue Somos Todos Educadores

*

Professor, membro da equipe gestora, auxiliar em educação, oficial de escola, inspetor de alunos, porteiro, zelador escolar, auxiliar de limpeza, cozinheiro, profissional das equipes técnicas (orientador pedagógico, fono, psico, fisio etc)… Todos que trabalhamos nas escolas, envolvidos diretamente no processo de ensino ou em seu apoio e viabilização, somos responsáveis pela qualidade da educação das crianças, jovens e adultos usuários das redes de ensino.

Na efetivação do trabalho dos professores, das professoras, viabilizado e apoiado pelos demais trabalhadores e trabalhadoras da educação escolar, o ensino se concretiza; mais que isso, o processo educativo se complementa na relação e nos cuidados que cada profissional da educação estabelece entre si, com as famílias e com os educandos.

Ensinar, educar e cuidar são indissociáveis, pois fazem parte de um mesmo processo, que é o da formação dos seres humanos para a vida em sociedade. Neste sentido, independente do nosso cargo, no trabalho escolar exercemos função inerentemente educativa.

SOMOS TODOS EDUCADORES – e como educadores que somos, comprometidos com a qualidade da educação, lutamos por melhores condições de trabalho e de aprendizagem, pelo direito de todos à valorização profissional, à salários dignos e condizentes com nossas responsabilidades educativas, à formação em serviço, por planos de carreira que possibilitem concretamente a todos educadores, a todas educadoras, evolução funcional e salarial.

Este espaço virtual se apresenta como uma ferramenta dessa luta, contra o processo de desmonte da educação pública levado à cabo pelos governos federal, estaduais e municipais que ano após ano diminuem os investimentos em educação, impõem retrocessos aos currículos, retiram direitos dos trabalhadores, privatizam e terceirizam o serviço público.

NENHUM PROFISSIONAL FORA! NENHUM DIREITO A MENOS! SOMOS TODOS EDUCADORES!!

Brincadeiras à parte, precisamos falar sobre condições de trabalho

condicoes-de-trabalho

Após a estipulação de um manual de condutas para os servidores públicos da Câmara Municipal São Bernardo do Campo o assunto ganhou proporção nacional.

Entre os conteúdos do manual constam recomendações de como se vestir, que cores de esmalte usar, tipo de perfume, como cumprimentar, como não ser “deselegante” para encerrar uma conversa que se prolonga ao telefone…

Nas redes sociais frequentadas por servidores públicos existem até os que (por complacência, benevolência ou verdadeira concordância mesmo) defendem a medida, mas ao que parece estes são minoria.

Comentários críticos, memes e chistes começam a tomar conta das redes porque, de fato, certas recomendações constantes na dita cartilha são surreais e anacrônicas, para dizer o mínimo.

Brincadeiras à parte, precisamos falar sobre isso… Não sobre cada um dos itens da cartilha em si, porque os meios de comunicação já estão abordando o tema e divulgando o conteúdo de forma exaustiva.

Precisamos falar sobre o que está está implícito, o que não está sendo dito (e que verdadeiramente interessa). Continuar lendo Brincadeiras à parte, precisamos falar sobre condições de trabalho

CHAPA 2: Propostas para devolver o sindicato aos servidores

Lutaremos por…

DIREITO À MELHORIA DAS CONDIÇÕES ECONÔMICAS E DE TRABALHO

 Abono na aposentadoria compensatório para o fundo de garantia;

  • Adicional noturno após as 18h;
  • Aposentadoria especial por periculosidade para GCMs e demais profissionais que exercem atividade de risco;
  • Concurso de acesso para os cargos de gestão e chefias;
  • Concurso público para recomposição do quadro de funcionários;
  • Contra o cargo largo, as funções gratificadas e cargos comissionados com altos salários;
  • Contra o desrespeito à Lei do Piso, efetivado pela administração ao determinar que professores em horário de HTP substituam ausências;
  • Contra o desvio de função e a sobrecarga de trabalho;
  • Efetivação da aposentadoria especial para todos os profissionais do quadro do magistério;
  • Elevação do piso salarial do funcionalismo;
  • Equiparação salarial efetiva, com estabelecimento de mecanismo que garanta a manutenção da equiparação;
  • Fim da terceirização e pelo reaproveitamento do quadro de profissionais terceirizados por meio de concurso que valorize o tempo de serviço prestado ao município de SBC;
  • Gratificação por insalubridade aos servidores que atuam em serviços mental e fisicamente desgastantes;
  • Gratificação por local de exercício para TODOS os servidores que atuam em áreas distantes do centro e em áreas de risco;
  • Implementação de programa de incentivo à dedicação exclusiva;
  • Implementação do PCCS-SUS;
  • Inclusão de todos os trabalhadores nos acordos coletivos;
  • Isonomia de direitos entre celetistas, estatutários e terceirizados;
  • Programa de recuperação das perdas salariais e reposição do poder aquisitivo dos servidores públicos; contra a PLP 257/2016!
  • Programa de reestruturação dos próprios públicos e reposição de instrumentos de trabalho (ferramentas, mobiliários, equipamentos de proteção individual, automóveis, materiais etc) que garanta com equidade condições dignas e saudáveis de trabalho para todos os servidores e de atendimento aos munícipes!
  • Quantidade adequada de profissionais em cada local de trabalho;
  • Reajuste anual dos vencimentos;
  • Redução da jornada de trabalho para os profissionais da saúde, auxiliares em educação e demais trabalhadores;
  • Regulamentação das horas-extras;
  • Regulamentação para cumprimento e fruição de banco de horas;
  • Respeito à composição da jornada de trabalho dos servidores;
  • Retomada da proposta de estatuto dos profissionais da educação construída pelos trabalhadores, adequando-os às necessidades atuais e novas demandas;
  • Revisão do acordo coletivo de 2015, buscando a inclusão dos cerca de 200 aposentados que foram esquecidos pela atual direção;
  • Revisão do estatuto da GCM;
  • Transporte gratuito, ou reembolso no valor equivalente ao que é gasto, ao servidor que em função do serviço tenha de se locomover de sua unidade de lotação;
  • Vale-transporte integral e vale alimentação a todos os servidores, com revisão de valores.

Continuar lendo CHAPA 2: Propostas para devolver o sindicato aos servidores

A greve de 2015 e os acordos de gabinete

“NEGOCIAÇÃO”…

A negociação realizada pela direção/chapa um trouxe grandes prejuízos aos servidores públicos: ficamos sem aumento real e sem reposição da inflação em 2015 e cerca de 200 aposentados foram excluídos do acordo coletivo, perdendo até mesmo o direito ao abono de Natal que sempre tiveram.

No meio da greve a pauta de reivindicação foi simplesmente descartada pela direção sem qualquer consulta aos trabalhadores. O reajuste efetuado em 2016 – fruto da pressão realizada pelos servidores grevistas – não cobriu as perdas salariais acumuladas em anos sem aumento real; o poder de compra dos servidores diminui a cada dia, consumido pela inflação, pelos altos impostos e pelas altas tarifas de água, luz e transporte. Continuar lendo A greve de 2015 e os acordos de gabinete

Terceira eleição do Sindserv: Desta vez é pra valer!!!

2015-09-13 09.03.15A nova eleição do Sindserv finalmente está sendo coordenada, fiscalizada e arbitrada pelo MINISTÉRIO PUBLICO DO TRABALHO que atendeu solicitações da CHAPA 2 e mediou a efetivação de um acordo que desta vez garante condições minimamente democráticas, de lisura e transparência no processo eleitoral. O objetivo é impedir ao máximo as trapassas, golpes e fraudes das eleições anteriores.

A Justiça está fazendo a parte dela; a CHAPA 2 também, apresentando propostas coerentes e candidatos combativos, comprometidos com os direitos da categoria e provados nas diversas lutas do funcionalismo de SBC. Continuar lendo Terceira eleição do Sindserv: Desta vez é pra valer!!!

Informes urgentes da eleição do Sindserv

Durante todo o dia de ontem, e já nesta manhã, membros e apoiadores da chapa governista chegaram aos locais das urnas com carros lotados de pessoas para votar.
Respeitamos o direito de todos ao voto, mas lamentamos que enquanto disponibilizam automóveis para buscar seus próprios eleitores, realizam roteiros e horários de urnas que impedem funcionários e professores das escolas de exercerem seu direito ao voto. Tem escola que funciona até 18h e as urnas só serão passadas após 19h!!!
Se a urna ainda não chegou em sua escola, ou em sua unidade de trabalho, organize-se, pratique carona solidária e se dirija junto com seus colegas para votar em uma das seis urnas fixas. Ajude a tirar nosso sindicato das mãos do governo.
ATENÇÃO! INFORMAÇÃO DE ÚLTIMA HORA!
Carro da urna 14, contratado pelo sindicato, tenta furar bloqueio policial. A urna está parada!
Pedimos a todos que não votaram ainda que se dirijam até um ponto de urna fixa para exercer seu livre direito de voto. E estamos exigindo providências imediatas para o sindicato no sentido de substituir o carro para que a coleta dos votos não seja ainda mais prejudicada.
CARRO DA URNA 14 AINDA NÃO FOI SUBSTITUÍDO! SERVIDORES PÚBLICOS ESTÃO SENDO PREJUDICADOS EM SEU DIREITO DE VOTO!!! CARRO PARA BUSCAR GENTE EM CASA PARA VOTAR TEM, MAS CARRO PARA CUMPRIR O ROTEIRO DA URNA NÃO????
Não deixe de votar. Exerça seu direito de voto em uma das 6 urnas fixas:
Até 19h30:
  • Sindserv (rua Caetno Zanella – Ferrazópolis)
       Até 20h:
  • Secretaria de Esportes/ Poliesportivo (Avenida Kennedy, 1155)
  • Paço Municipal
  • IMASF
  • SU – Garagem Municipal (Av. Caminho do Mar, 2795 – Rudge Ramos)
  • Secretaria de Educação (Avenida Wallace Simonsen, 188)

Sobre golpes e sabotagens

Por CláuClaudio Lizias Sriubasdio Lizias Sriubas –  Professor e integrante da CHAPA 2 – OPOSIÇÃO UNIFICADA

Nesta terra em se plantando tudo dá” . – Pero Vaz de Caminha sabia das coisas!…

A Oposição Unificada não foi criada apenas para participar de um pleito eleitoral, ela constituiu-se  por uma necessidade de luta, e ao longo dos últimos anos vem lutando como oposição à corruptibilidade e em defesa do interesse do Servidor Público do Município de São Bernardo do Campo. Tem plantado esperança e quer colher realizações.

Pergunto: o que tem plantado a atual diretoria do SINDSERV? Perdão! Quero dizer: Chapa Um? … … Calma, isto que você pensou durante as reticencias é pura verdade, mas não é legal declarar aqui. Baixar o nível ou detrair não é nossa especialidade.

Mas por falar em sonhos… Que pesadelo, hem! …. Ou melhor, mais um pesadelo. Este começa com: Era uma vez… Engana bem, parece um conto de fadas, tem até magia, veja só que emocionante, do nada… Repentinamente dá entre as folhas da listagem de votação uma fraude…

A meu ver é um erro chamar de fraude… acho que a terminologia correta é sabotagem, eu explico:

Fraude ocorre durante o processo… e veja só que interessante, o pleito foi finalizado com a checagem das listas de votação e contagem dos votos, na presença da comissão eleitoral, Coordenador do Processo Eleitoral, Chapa Um, Chapa Dois, fiscais, mesários, apoiadores e advogados das partes. Nada… Absolutamente nada foi notado de irregular que pudesse comprometer o seu voto, tudo devidamente filmado (será que a comissão eleitoral e o coordenador do processo eleitoral esqueceram de olhar as filmagens? Pode ter sido ingenuidade? … o quê? …. Você não chama isso de ingenuidade? … do que você chama então? … isto que você chamou não da para grafar aqui não! É muito imoral… vamos ficar com ingenuidade)…

Bom voltemos ao fato, na semana depois de encerrado o processo (que legitimamente elegeu os integrantes da Chapa Dois como representante dos Funcionários Públicos do Município de São Bernardo do Campo), os documentos que estavam guardados pela Chapa Um…. Desculpe, cometi um equívoco, estavam na tutela da atual diretoria do SINDSERV e comissão eleitoral… O equívoco é natural visto que a maioria dos integrantes da atual diretoria também compõe a Chapa Um e o Coordenador do Processo Eleitoral é candidato a presidente da diretoria pela Chapa Um… A gente acaba se equivocando… Bom, a verdade é que após nova averiguação a estes documentos, milagrosamente brotou uma “fraude”.

Como aconteceu depois do encerramento do processo, eu pergunto: é fraude ou sabotagem?…

Não é nítido e perceptível o que esta “fraude” quer dizer a você que votou… Era uma vez sua vontade … É ou não é um conto de terror?…

Vamos reverter este terror? Vamos mostrar com nosso voto, o nosso grito de basta, que não aceitamos sabotagem, opa, perdão, como que eles chamam essa coisa mesmo… “fraude”. Que vamos plantar nossos sonhos e esperança em uma nova direção… a direção da moralidade ética e respeito.

Assumiram de vez que nada mais são do que a chapa do patrão: chapatrão.

No boletim da CHAPA 2 – OPOSIÇÃO UNIFICADA denunciamos que, com o rombo de 1, 2 bilhões de reais, mais o aumento dos gastos com obras e a diminuição da arrecadação os funcionários correm sérios riscos de não verem cumpridos, pelo governo, alguns pagamentos e o acordo da Greve. Era esperado que o governo se manifestasse e garantisse que não há risco algum. Sabe quem reivindicou “direito de resposta” colocando a mão no fogo pelo Marinho, garantindo que a lei será cumprida, simplesmente porque “é lei”?! Pois é, a chapa 1. A chapa governista é rápida no gatilho em defender seu companheiro no paço. Não precisa dizer mais nada, né! Basta lembrar que a greve Tb é um direito estabelecido em lei (federal), e a péssima negociação da direção do sindicato levou milhares de servidores públicos a terem descontos salariais e faltas (mesmo compensando os dias parados).

CHAPA 2 – Oposição Unificada surge como alternativa de mudanças pra viabilizar o pleno direito de participação da base no dia a dia do ativismo sindical

Do Blog da CHAPA 2:

https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/2015/11/13/chapa-2-oposicao-unificada-surge-como-alternativa-de-mudancas-pra-viabilizar-o-pleno-direito-de-participacao-da-base-no-dia-a-dia-do-ativismo-sindical/

*

O estatuto de nosso sindicato foi modificado pela atual direção do Sindserv de maneira questionável, na surdina, sem ampla divulgação entre os servidores públicos e sem amplo debate.

As modificações feitas dificultam a participação da base, inclusive no que se refere à eleição da diretoria plena, porque concentra muito poder na Diretoria Executiva, atribuindo-lhe indevidamente o direito de tomar decisões de forma unilateral, sem consulta à categoria, e porque elege a diretoria plena com chapa fechada de forma a não dialogar com a base da categoria

Não bastasse isso, a atual direção do Sindserv constituiu os comitês sindicais de base com pessoas indicadas por ela mesma de acordo com seus interesses políticos. Com essa atitude autoritária, a direção excluiu a categoria do direito de eleger seus representantes de base.

Em se tratando da direção governista do sindicato, discurso é uma coisa, pratica é outra! Este é um dos motivos das eventuais criticas dos trabalhadores. Neste contexto se aprofunda a crise de representatividade e é justamente por isso que a CHAPA 2 surge como alternativa de mudanças para viabilizar o pleno direito de participação da base no dia a dia do ativismo sindical.

Propomos um amplo debate com os servidores públicos com a perspectiva de rever e construir um novo estatuto que restitua o poder de decisão para as mãos da categoria e que faça de nosso sindicato um instrumento de luta da classe trabalhadora.

Na perspectiva de um sindicato classista que de fato represente amplamente os servidores é preciso que o Conselho Consultivo e o Conselho Fiscal sejam eleitos de forma independente da Diretoria Executiva com voto nominal ao invés de chapa fechada assim como nas eleições da CIPA.

Desta forma ambos os conselhos poderão de fato cumprir suas atribuições com transparência e independência, facilitando a vigilância crítica em relação à diretoria executiva de nosso sindicato, a participação plural e efetiva da base nas decisões  sindicais e, assim, aproximando os trabalhadores da instituição que os representa.

É preciso também criar mecanismos que garantam que os representantes de base sejam eleitos pelos seus pares. Chega de representantes biônicos!!!

Estas e outras propostas deverão ser decididas pela categoria, em Congresso do Sindicato!

*

Saiba mais em: https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/programa/