Arquivo da categoria: Movimento

Não vamos trabalhar até morrer! Queremos nossos direitos!!!

GREVE GERAL CONTRA AS REFORMAS DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA

Slide4BOLETIM ESPECIAL DA CSP-CONLUTAS

 MARÇO/ABRIL 2017

http://cspconlutas.org.br/

O governo Temer anunciou e quer votar nos próximos meses uma reforma da Previdência que nos obrigará a morrer trabalhando, sem direito à aposentadoria e outros benefícios previdenciários. Quer aumentar para 49 anos o tempo de  contribuição  do trabalhador e a idade mínima para 65 até 70 anos. Quer reduzir benefícios aos que tem trabalho insalubre e dos trabalhadores rurais, assim como o de pessoas com deficiências. Também quer acabar com a aposentadoria por invalidez. Todos serão afetados!

Esse governo também quer dar continuidade a um projeto já apresentado em governos ante- riores de reforma Trabalhista. Ou seja, Temer e os deputados cor- ruptos, não satisfeitos em aca- bar com a Previdência Pública, pretendem atacar severamente os direitos trabalhistas. Entre os principais ataques estão o “negociado sobre o legislado”. Isto quer dizer que os patrões po- dem impor acordos rebaixados, pois não haverá mais a garantia da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Ou seja,  poderão impor a forma que quiserem de cumprimento da jornada mensal de 220 horas, o parcelamento das férias, a desregulamentação de vez das horas extras e outros ataques. Para tal, tentarão enfraquecer ainda mais as representações sindicais dos trabalhadores. Continuar lendo Não vamos trabalhar até morrer! Queremos nossos direitos!!!

Imposto sindical: outro câncer a ser extirpado

contra-imposto-sindicalDo sítio da CSP-CONLUTAS:

http://cspconlutas.org.br/2016/02/campanha-nacional-contra-o-imposto-sindical-sindicalismo-combativo-nas-maos-da-classe-trabalhadora/

*

O imposto sindical foi à base econômica para o atrelamento dos sindicatos ao Estado, no modelo pensado e implementado por Getúlio Vargas. É preciso reafirmar a luta para acabar com esta excrescência, contra todas as taxas e contribuições compulsórias e o repasse aos sindicatos de verbas do Estado (FAT, convênios com estatais, Ministérios etc.).

Precisamos encarar a tarefa de buscar outras fontes de financiamento, definidas democraticamente pelos trabalhadores, que permitam livrar os sindicatos desta dependência e dar coerência a nossa luta pelo fim desta contribuição compulsória. Continuar lendo Imposto sindical: outro câncer a ser extirpado

No apagar das luzes “PEC da morte” é aprovada em primeiro turno

Sob brutal repressão aos manifestantes que protestavam contra a PEC 55, nesta terça-feira, já quase de madrugada, senadores aprovaram em primeiro turno a PEC 55.

pec-da-morte
Imagem extraída de: http://www.cidadaniaativa.com/pec-241-a-pec-da-morte

Para quem ainda não entendeu a dimensão da tragédia que se anuncia, aqui vão uns dados

Continuar lendo No apagar das luzes “PEC da morte” é aprovada em primeiro turno

Marinho cria obstáculos para os servidores votarem

O governo Marinho anunciou que não liberará os servidores para votarem nas eleições do Sindserv. Com isso, cerceia o direito ao exercício democrático de voto – nem todas as urnas funcionarão das 7h às 20h e, sem a liberação, muitos servidores que trabalham entre 07h e 18h não conseguirão se deslocar a tempo para votarem em outras urnas.

A não liberação para a votação é uma medida autoritária, incoerente e que joga a favor da chapa 1 (encabeçada por seu correligionário de partido e apoiada pela CUT) que nas duas eleições anteriores dificultou a coleta de votos nos locais de maioria da oposição e moveu toda uma frota de carros para buscar seus eleitores. Continuar lendo Marinho cria obstáculos para os servidores votarem

Terceira eleição do Sindserv: Desta vez é pra valer!!!

2015-09-13 09.03.15A nova eleição do Sindserv finalmente está sendo coordenada, fiscalizada e arbitrada pelo MINISTÉRIO PUBLICO DO TRABALHO que atendeu solicitações da CHAPA 2 e mediou a efetivação de um acordo que desta vez garante condições minimamente democráticas, de lisura e transparência no processo eleitoral. O objetivo é impedir ao máximo as trapassas, golpes e fraudes das eleições anteriores.

A Justiça está fazendo a parte dela; a CHAPA 2 também, apresentando propostas coerentes e candidatos combativos, comprometidos com os direitos da categoria e provados nas diversas lutas do funcionalismo de SBC. Continuar lendo Terceira eleição do Sindserv: Desta vez é pra valer!!!

Recesso escolar para auxiliar de limpeza e demais educadores deve ser direito e não moeda de troca em época de eleições!

Slide2Nós da CHAPA  2  consideramos que todos os trabalhadores nas escolas, independente do cargo, desempenham função educativa, e por isso não apenas merecem como precisam ser devidamente valorizados, precisam ter direitos iguais aos dos demais profissionais que atuam na Educação.

Foi com base no princípio “SOMOS TODOS EDUCADORES” e sob o lema “NENHUM PROFISSIONAL FORA, NENHUM DIREITO A MENOS”, que de 2010 a 2013  ajudamos a organizar mais de 9000 trabalhadores em educação na construção da proposta de Estatuto dos Profissionais da Educação, contemplando profissionais de todos os cargos, incluindo os auxiliares de limpeza, para garantir como direito, e não como favor:  formação em serviço, progressão na carreira, evolução salarial, processo de remoção com critérios justos e objetivos, acesso aos cargos por concurso público e, entre outras coisas, recesso escolar de verdade, sem ter que trabalhar horas a mais para compensar.

Com a conivência e omissão da direção do sindicato que fomentou a divisão entre diferentes segmentos da educação, o governo desrespeitou o processo democrático e impôs um projeto de estatuto antieducação e antitrabalhador, cujas consequências caóticas os profissionais da educação sofrem dia após dia.

 A chapa 1 vem fazendo uma propaganda enganosa a respeito do recesso para os auxiliares de limpeza, alardeando como conquista um concessão que o governo dá quando interessa a ele (geralmente em anos eleitorais) para favorecer a sua imagem e a imagem de seus parceiros no sindicato.

A chapa 1 nunca lutou para que essa concessão do recesso escolar se torne um direito, deixando os trabalhadores reféns das vontades do prefeito!

NOSSA LUTA É PELA IGUALDADE DE DIREITOS ENTRE TODOS OS TRABALHADORES!

JUNTOS VAMOS LUTAR PARA QUE TEMPO DE DESCANSO, FORMAÇÃO EM SERVIÇO, EVOLUÇÃO FUNCIONAL, MELHORIAS NAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E DE SALÁRIO… SEJAM DIREITOS GARANTIDOS LEGALMENTE PARA TODOS OS SERVIDORES, PARA QUE NENHUM GOVERNO OU DIREÇÃO SINDICAL TORNE OS TRABALHADORES REFÉNS DE SEUS CAPRICHOS.

 CHAPA 2 – OPOSIÇÃO UNIFICADA

https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/

oposicaounificada.sbc@gmail.com

 

Projeto de lei que prejudica servidor público pode ser votado na próxima semana

Logo_PLP257-Cópia-768x439

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou na terça-feira (26) que pretende votar o Projeto de Lei Complementar (PLP) 257/2016 na próxima semana. O PLP 257/16 consta como pauta única da Sessão Deliberativa Extraordinária de segunda-feira (1/8), marcada para as 16h.

O projeto faz parte do pacote de ajuste fiscal iniciado pelo governo federal ainda em 2014, e traz medidas como a suspensão dos concursos públicos, o congelamento do salário mínimo e dos salários dos servidores, o não pagamento de progressões e outros direitos (como gratificações) para os servidores, a destruição da Previdência Social e a revisão dos Regimes Jurídicos dos Servidores.

Veja também: Presidente da Câmara quer votar PLP 257 na semana que vem 

“Marcamos a reunião de líderes e vamos marcar Plenário [na semana que vem] para segunda, terça e quarta de manhã. Espero que a gente possa ter produtividade”, disse Rodrigo Maia à Agência Câmara. Continuar lendo Projeto de lei que prejudica servidor público pode ser votado na próxima semana

Pelo fim do imposto sindical!

SINDICALISMO INDEPENDENTE E COMBATIVO SE FAZ COM FINANCIAMENTO PRÓPRIO

A CHAPA 2 luta pela autonomia e independência do sindicato para que os trabalhadores deixem de ser reféns de partidos, governos e centrais sindicais pelegas e governistas.

O imposto sindical é um dos elementos que tornam o sindicato submisso aos interesses patronais e que alimentam a famigerada burocratização dos sindicatos.

Por isso, defendemos que os servidores públicos de SBC discutam e decidam sobre este tema, construindo formas de financiamento das lutas que não sobretaxem os trabalhadores, que livrem o sindicato das amarras governistas e patronais e dos burocratas que se encastelam nas direções como se os sindicatos fossem o quintal de suas casas!

IMposto sindical em mi

Assista ao vídeo da CAMPANHA NACIONAL CONTRA O IMPOSTO SINDICAL e entenda como não só é possível, como também é necessário, lutar para acabar com o imposto sindical:

É HOJE!!! 18H30 NA SEDE DO SINDICATO: ASSEMBLEIA DE ELEIÇÃO DA COMISSÃO ELEITORAL

O compromisso e a vontade dos trabalhadores nas duas primeiras eleições foram determinantes para que chegássemos até aqui. Mas, somente a mobilização da categoria unida e organizada impedirá novos golpes e garantirá que se concretize o desejo de mudança manifestado pela categoria..

A primeira tarefa de todos os que lutam para que o sindicato saia do controle do governo e retorne para o controle dos trabalhadores é participar da assembleia de eleição da comissão eleitoral. Precisamos eleger representantes comprometidos com a democracia a lisura e a transparência do novo processo eleitoral.

Novamente contamos com o empenho de todos que desejam mudanças, pois cada voto na OPOSIÇÃO UNFICADA – CHAPA 2 é um voto para resgatar o sindicato para  as mãos dos trabalhadores.

Participe da assembleia, convoque seus colegas, mobilize-se e ajude a OPOSIÇÃO UNIFICADA a construir um sindicato de luta, democrático, independente de governos, partidos e de centrais sindicais pelegas e governistas!!!