Ato na Avenida Paulista: Fora Temer e todos os corruptos, já!

IMG-20170518-WA0006

CSP-Conlutas participará de ato unificado neste domingo, às 14h na Paulista.

Do perfil da CSP-Conlutas no Facebook:

Na tarde desta sexta-feira (19), em reunião emergencial, as Centrais Sindicais determinaram chamar atos pela derrubada de Temer e de suas reformas neste dia 21/5. Esteve presente nesta reunião a dirigente da CSP-Conlutas, Joaninha Oliveira.

Em São Paulo, a CSP-Conlutas participa de ato na Avenida Paulista, para dizer, em alto e bom som, “Fora, Temer e os corruptos, já!” e protestar contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Para a Central, este dia de mobilizações é parte da construção do #OcupeBrasília, que promete levar ao Distrito Federal cerca de cem mil de trabalhadores e trabalhadoras, e reforça a chamada pela Greve Geral de 48 horas!

A delação da JBS anunciada na noite da última quarta-feira (17), que comprova o envolvimento do presidente Michel Temer (PMDB) na compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), preso em outubro de 2016, derruba a cortina de fumaça que escondia o grau de envolvimento deste governo com a corrupção.

Essa delação comprova que as reformas e os projetos propostos pelo governo Temer estavam vinculados a um grande esquema que atendia somente a interesses próprios. E as reformas trabalhista e da Previdência são ferramentas para a permanência desse projeto em que os beneficiados são banqueiros, grandes empresas e o agronegócio, tudo à base da corrupção.

Diante dos fatos expostos, a CSP-Conlutas reafirma que nem Michel Temer nem os políticos do Congresso Nacional têm moral para aprovar ou mesmo pautar projetos que retirem direitos e rebaixem conquistas dos trabalhadores.

Vamos todos às ruas neste dia 21 de Maio. Se Temer não renunciou, está nas mãos do povo esta decisão.

E no dia 24 de Maio, cem mil serão poucos na capital federal, no ato que promete ocupar Brasília. A CSP-Conlutas convoca todos os trabalhadores do Brasil a ocuparem as ruas desde hoje e a fortalecerem ainda mais a marcha a Brasília. Organizar e fortalecer os comitês de base nos locais de trabalho, por bairros, escolas universidades, entre categorias, movimentos populares e juventude. É necessário também que as centrais sindicais convoquem imediatamente uma nova Greve Geral, desta vez de 48 horas.

Fora Temer, os corruptos, já, e abaixo as reformas. Vamos ocupar Brasília e preparar a Greve Geral de 48 horas
– Fora Temer e os políticos corruptos do Congresso Nacional, já.
– Retirada dos projetos de reformas trabalhista e da Previdência.
– Revogação da lei de terceirização, da reforma de ensino médio e da Emenda Constitucional 95.
– Prisão aos corruptos e corruptores e confisco dos bens.
– Greve Geral de 48 horas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s