Imposto sindical: outro câncer a ser extirpado

contra-imposto-sindicalDo sítio da CSP-CONLUTAS:

http://cspconlutas.org.br/2016/02/campanha-nacional-contra-o-imposto-sindical-sindicalismo-combativo-nas-maos-da-classe-trabalhadora/

*

O imposto sindical foi à base econômica para o atrelamento dos sindicatos ao Estado, no modelo pensado e implementado por Getúlio Vargas. É preciso reafirmar a luta para acabar com esta excrescência, contra todas as taxas e contribuições compulsórias e o repasse aos sindicatos de verbas do Estado (FAT, convênios com estatais, Ministérios etc.).

Precisamos encarar a tarefa de buscar outras fontes de financiamento, definidas democraticamente pelos trabalhadores, que permitam livrar os sindicatos desta dependência e dar coerência a nossa luta pelo fim desta contribuição compulsória.

Os sindicatos filiados irão combater o imposto sindical e buscar a autossustentação, com convencimento, livre e direto, da necessidade dos próprios trabalhadores e trabalhadoras sustentarem as suas organizações

A proposta é que as os trabalhadores possam debater sobre o assunto e construir bases políticas e materiais para manter as entidades sem utilizar esse recurso. O fim do imposto pode gerar impacto na maioria dos sindicatos – principalmente do setor privado – inclusive entre aquelas que defendem uma posição contrária a esta forma de contribuição.

Foram produzidos um vídeo e uma cartilha especialmente para a campanha. A proposta desses materiais é explicar para os trabalhadores como funciona a legislação que regulamenta o Imposto Sindical e também a sua origem, além de revelar a quantidade de dinheiro que circula entre os aparatos a partir desse imposto.

A denúncia da contradição entre a teoria e a prática da CUT também é muito importante, pois essa central até um plebiscito fez, mas não abre mão de receber o seu quinhão e encher os próprios cofres, assim como o papel das demais centrais.

Não faltam exemplos de entidades vinculadas à CSP-Conlutas que não utilizam o imposto. Tanto o vídeo quanto a cartilha da campanha mostram esses exemplos além de apresentarem propostas de financiamento da ação sindical, baseadas em contribuições voluntárias dos trabalhadores.

São as mãos dos trabalhadores e trabalhadoras que produzem as riquezas, o sindicalismo combativo também está nas mãos da nossa classe!

Vamos juntos derrotar o imposto sindical!

Confira a cartilha sobre a campanha. Cliquei aqui para acessar o PDF

Confira o vídeo da campanha:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s