CHAPA 2 responde: Afinal, que sindicato queremos?

Nós, servidores públicos, merecemos 2016-08-17-06-31-19e precisamos de um sindicato limpo, livre de fraudes e sem desvios, que
represente os interesses dos trabalhadores e não de partidos e governos de plantão.

Não precisamos de um sindicato atrelado à CUT e centrais sindicais pelegas e governistas, que viva de imposto sindical, e não precisamos de direção que tome posicionamentos políticos em defesa de governo sem sequer consultar a categoria.

Precisamos de um sindicato que  pratique transparência nas prestações de contas, na gestão do patrimônio da entidade, na publicidade ampla e irrestrita das informações de interesse coletivo.

Não precisamos de um sindicato que prometa transparência enquanto faz assembleia de prestação de contas às escondidas, enquanto omite informações sobre o patrimônio da entidade e sobre a movimentação financeira da entidade.

Precisamos de um sindicato em que a direção seja organizadora e representante dos interesses dos trabalhadores e que o poder de decisão seja de fato dos trabalhadores.

Não precisamos de um sindicato que prometa democracia enquanto sorrateiramente muda o estatuto da entidade para concentrar super poderes nas mãos da direção, em  um sábado  de Copa do Mundo sem debate com a categoria, sem sequer divulgar assembleia entre os trabalhadores e colhendo assinaturas até de gente não filiada para v20150817_092852000_iosalidar as mudanças feitas na surdina.

Precisamos de um sindicato que respeite as decisões dos trabalhadores e, para isso, construa e garanta mecanismos de participação e escuta.

Não precisamos de um sindicato que fale em respeito à decisão da categoria, mas  coloca em votação quatro, cinco vezes a mesma proposta só porque a decisão dos trabalhadores não atendeu aos caprichos da direção e aos interesses do governo. Não precisamos d eum sindicato que pratique fraudes nas eleições da entidade nem que organize processo eleitoral  em benefício da chapa governista e dificultando a participação livre, ampla e democrática dos servidores públicos.

Precisamos de um sindicato participativo, construído na base, com representantes eleitos nos setores de trabalho para fortalecer a organização e a luta dos servidores públicos.

Não precisamos de um sindicato que se diz democrático ao mesmo tempo que indica ao seu bel-prazer pessoas de sua confiança para compor comitês de base biônicos (à semelhança da época da ditadura), ao invés de possibilitar que os servidores elejam diretamente seus pares em assembleia.

Precisamos de um si20150910_185948475_iosndicato que represente, inclua e organize os servidores nas reivindicações de cada setor e nas pautas gerais, articulando e integrando trabalhadores de diferentes áreas, da ativa e aposentados.

Não precisamos de um sindicato que diz representar e incluir todos os servidores ao mesmo tempo que negocia a exclusão de parte dos servidores aposentados do acordo coletivo e de benefícios historicamente conquistados. Não precisamos de um sindicato que fomente ódio, discórdia e desunião entre servidores da ativa e aposentados inventando mentiras para tentar ganhar votos.

Precisamos de um sindicato que não prometa participação ao mesmo tempo que negocia às portas fechadas com o governo para que os trabalhadores fiquem com faltas em decorrência da greve mesmo após compensarem os dias não trabalhados.

Não precisamos de um sindicato que trate a entidade como quintal de sua casa, para benefício próprio e para promoção política de diretores. Não precisamos de um sindicato que bloqueie servidores públicos em redes sociais somente porque ousam discordar da direção.

Precisamos de um sindicato que organize e una servidores da ativa e aposentados na garantia de direitos e conquistas, na luta pela recuperação das perdas salariais e da assistência médica, que lute pela implementação de um hospital público do servidor municipal e pelo atendimento de todos os usuários do IMASF e da Greenline em SBC e  no ABC.

Não precisamos de um sindicato que fale em luta a mesmo tempo em que abandona os trabalhadores à própria sorte, deixa-os desamparados e se omite diante do desmonte da assistência médica dos servidores, do desmonte do serviço público e da precarização das condições de trabalho20150826_220233000_ios-1

Não será mantendo na direção os mesmos que foram destituídos por terem cometido irregularidades nas eleições do sindicato e que estão sob investigação por denúncias gravíssimas contra o patrimônio da entidade que as coisas mudarão…

AS COISAS MUDAM QUANDO VOCÊ MUDA, E A MUDANÇA DEPENDE DE VOCÊ! DA SUA MOBILIZAÇÃO! DA SUA PARTICIPAÇÃO! DO SEU VOTO, POIS QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER!!!

 

EM 08 DE DEZEMBRO VOTE CHAPA 2

Saiba mais em:

https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/

 

Conheça os membros da CHAPA 2 em:

https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/composicao-da-chapa-2/

 

Conheça nosso programa e propostas em:

https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/programaepropostas/

 

Fale conosco e consulte os locais de votação:

oposicaounificada.sbc@gmail.com

whatsapp: 986603299

 

CHAPA 2 – OPOSIÇÃO UNIFICADA

ALTERNATIVA DEMOCRÁTICA

“NADA SERÁ COMO ANTES”

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s