Sobre golpes e sabotagens

Por CláuClaudio Lizias Sriubasdio Lizias Sriubas –  Professor e integrante da CHAPA 2 – OPOSIÇÃO UNIFICADA

Nesta terra em se plantando tudo dá” . – Pero Vaz de Caminha sabia das coisas!…

A Oposição Unificada não foi criada apenas para participar de um pleito eleitoral, ela constituiu-se  por uma necessidade de luta, e ao longo dos últimos anos vem lutando como oposição à corruptibilidade e em defesa do interesse do Servidor Público do Município de São Bernardo do Campo. Tem plantado esperança e quer colher realizações.

Pergunto: o que tem plantado a atual diretoria do SINDSERV? Perdão! Quero dizer: Chapa Um? … … Calma, isto que você pensou durante as reticencias é pura verdade, mas não é legal declarar aqui. Baixar o nível ou detrair não é nossa especialidade.

Mas por falar em sonhos… Que pesadelo, hem! …. Ou melhor, mais um pesadelo. Este começa com: Era uma vez… Engana bem, parece um conto de fadas, tem até magia, veja só que emocionante, do nada… Repentinamente dá entre as folhas da listagem de votação uma fraude…

A meu ver é um erro chamar de fraude… acho que a terminologia correta é sabotagem, eu explico:

Fraude ocorre durante o processo… e veja só que interessante, o pleito foi finalizado com a checagem das listas de votação e contagem dos votos, na presença da comissão eleitoral, Coordenador do Processo Eleitoral, Chapa Um, Chapa Dois, fiscais, mesários, apoiadores e advogados das partes. Nada… Absolutamente nada foi notado de irregular que pudesse comprometer o seu voto, tudo devidamente filmado (será que a comissão eleitoral e o coordenador do processo eleitoral esqueceram de olhar as filmagens? Pode ter sido ingenuidade? … o quê? …. Você não chama isso de ingenuidade? … do que você chama então? … isto que você chamou não da para grafar aqui não! É muito imoral… vamos ficar com ingenuidade)…

Bom voltemos ao fato, na semana depois de encerrado o processo (que legitimamente elegeu os integrantes da Chapa Dois como representante dos Funcionários Públicos do Município de São Bernardo do Campo), os documentos que estavam guardados pela Chapa Um…. Desculpe, cometi um equívoco, estavam na tutela da atual diretoria do SINDSERV e comissão eleitoral… O equívoco é natural visto que a maioria dos integrantes da atual diretoria também compõe a Chapa Um e o Coordenador do Processo Eleitoral é candidato a presidente da diretoria pela Chapa Um… A gente acaba se equivocando… Bom, a verdade é que após nova averiguação a estes documentos, milagrosamente brotou uma “fraude”.

Como aconteceu depois do encerramento do processo, eu pergunto: é fraude ou sabotagem?…

Não é nítido e perceptível o que esta “fraude” quer dizer a você que votou… Era uma vez sua vontade … É ou não é um conto de terror?…

Vamos reverter este terror? Vamos mostrar com nosso voto, o nosso grito de basta, que não aceitamos sabotagem, opa, perdão, como que eles chamam essa coisa mesmo… “fraude”. Que vamos plantar nossos sonhos e esperança em uma nova direção… a direção da moralidade ética e respeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s