CHAPA 2 – Oposição Unificada surge como alternativa de mudanças pra viabilizar o pleno direito de participação da base no dia a dia do ativismo sindical

Do Blog da CHAPA 2:

https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/2015/11/13/chapa-2-oposicao-unificada-surge-como-alternativa-de-mudancas-pra-viabilizar-o-pleno-direito-de-participacao-da-base-no-dia-a-dia-do-ativismo-sindical/

*

O estatuto de nosso sindicato foi modificado pela atual direção do Sindserv de maneira questionável, na surdina, sem ampla divulgação entre os servidores públicos e sem amplo debate.

As modificações feitas dificultam a participação da base, inclusive no que se refere à eleição da diretoria plena, porque concentra muito poder na Diretoria Executiva, atribuindo-lhe indevidamente o direito de tomar decisões de forma unilateral, sem consulta à categoria, e porque elege a diretoria plena com chapa fechada de forma a não dialogar com a base da categoria

Não bastasse isso, a atual direção do Sindserv constituiu os comitês sindicais de base com pessoas indicadas por ela mesma de acordo com seus interesses políticos. Com essa atitude autoritária, a direção excluiu a categoria do direito de eleger seus representantes de base.

Em se tratando da direção governista do sindicato, discurso é uma coisa, pratica é outra! Este é um dos motivos das eventuais criticas dos trabalhadores. Neste contexto se aprofunda a crise de representatividade e é justamente por isso que a CHAPA 2 surge como alternativa de mudanças para viabilizar o pleno direito de participação da base no dia a dia do ativismo sindical.

Propomos um amplo debate com os servidores públicos com a perspectiva de rever e construir um novo estatuto que restitua o poder de decisão para as mãos da categoria e que faça de nosso sindicato um instrumento de luta da classe trabalhadora.

Na perspectiva de um sindicato classista que de fato represente amplamente os servidores é preciso que o Conselho Consultivo e o Conselho Fiscal sejam eleitos de forma independente da Diretoria Executiva com voto nominal ao invés de chapa fechada assim como nas eleições da CIPA.

Desta forma ambos os conselhos poderão de fato cumprir suas atribuições com transparência e independência, facilitando a vigilância crítica em relação à diretoria executiva de nosso sindicato, a participação plural e efetiva da base nas decisões  sindicais e, assim, aproximando os trabalhadores da instituição que os representa.

É preciso também criar mecanismos que garantam que os representantes de base sejam eleitos pelos seus pares. Chega de representantes biônicos!!!

Estas e outras propostas deverão ser decididas pela categoria, em Congresso do Sindicato!

*

Saiba mais em: https://oposicaounificadachapa2.wordpress.com/programa/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s