Alba

Não faz mal que amanheça devagar,

as flores não têm pressa nem os frutos:

sabem que a vagareza dos minutos

adoça mais o outono por chegar.

Portanto não faz mal que devagar

o dia  vença a noite em seus redutos

do leste — o que nos cabe é ter enxutos

os olhos e a intenção de madrugar.

*

[Geir Campos]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s