O Morto

Pão – trigo e água:
O sangue o vinho
O corpo do porco
Banhado no álcool.
 
             Heresia:
Boemia – cítrica
A fruta a gengiva
O esôfago
A pedra no rim
a cirrore o figo
No fígado do morto
Posto na mesa.
 
Pão – trigo e água
O sal no céu – de Seúl
O caco de copo
No chão o bule
No fogão o verme
No corpo do porco
Morto posto na mesa.
 
                       Heresia:
Fermento da modern
Idade: trigo e sangue
O pulmão a úlcera
No esôfago a fumaça
No corpo do porco
Morto posto na mesa.
 
 
[M.S., em 15/07/1998 – 16/02/2010]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s