Amanhecer

O sol arde no horizonte
Os matizes da manhã e da noite
Cheiram à pão quente e café-com-leite
 
Uma fina garoa principia sobre os telhados
A cidade vai acordando vagarosamente
 
Preguiçosamente retorno para dentro
Dentro de casa, todos dormem
Dentro de mim, uma lembrança ressuscita…
.
[Marcelo Siqueira]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s